Postagens

A farsa do desodorante com proteção 48h

A indústria do desodorante é certamente uma das que mais investem em publicidade no mundo. Também pudera, a função do desodorante é evitar que você comece a feder em lugares públicos, consequentemente atraindo os olhares de reprovação das pessoas. Quer sensação pior do que entrar em um lugar que está fedendo e pensar “será que sou eu”? (Pois bem, essa sensação será muito frequente se um dia você andar de metrô em Paris).

Os desodorantes exploram toda sua máquina propagandística desde os tempos do Avanço – cujo mote era convencer que os seus utilizadores seriam abusados sexualmente por mulheres – e do Très Marchand, que tenta investir na lógica de que qualquer porcaria com um nome imponente pode conquistar o público.

De tempos para cá, a neura comercial recaiu cada vez mais sobre os produtos antitranspirantes. Desodorantes que não deixam você suar em hipótese nenhuma. Use-o e corra uma maratona que suas axilas permanecerão completamente secas. Desça do ônibus em plena praça Ipiranga e …

O futuro distópico de Luan Santana

Se a vida fosse como um julgamento no STF

A longa trajetória do petit-gâteau

Comentários Positivos

Efeitos Colaterais

Curiosidades e dicas sobre os ovos de Páscoa

Guia do Oscar 2018

Aconteceu aqui e agora

Jorginho de Ogum avalia candidatura à presidência

Os melhores sambas-enredo de 2018

Presidente Cadáver - Ou, um morto muito louco

Quando o carnaval começa, afinal?