Os aniversariantes


Hoje temos dois aniversariantes da equipe CH3: Guilherme e Guilerme, o boneco de isopor. Cantemos: Parabéns pra você, nessa data querida, lalalalala, lalalala...

Bom, apesar do aniversário ser hoje, a festa aconteceu sábado, dia 12. Porque, sabe, às vezes é chato comemorar aniversário no meio da semana. Ainda mais pra uma festa como essa. Quem organizou foi o Guilerme, o boneco. Entre os convidados, amigos de ambas as partes, a equipe CH3, leitores do blog e algumas celebridades. Alguns penetras apareceram também, mas eles foram expulsos imediatamente. Como foi o caso de Alfredo Chagas. Não convidamos ele para a festa porque ele é muito chato. Mas ele apareceu mesmo assim, e chegou já gritando com os donos da casa.

Após o almoço houve a entrega de presentes, Guilherme ficou um pouco chateado por ter ganhado menos presentes que seu sósia de isopor, mas tudo bem. Ele disse que supera. Então, como em todas as festas organizadas pelo CH3, apareceram os Benga Boys para animarem a festa com seu ultra hardcore. Algumas pessoas sofreram fraturas. Mas menos do que de costume.

Então Marcão trouxe o bolo, daqueles grandes e ocos que saem uma stripper de dentro. Só que Marcão não tinha dinheiro pra pagar a stripper, então ficamos só com o bolo oco, que é de mentira e não dá pra comer.

A festa continuou, mais tarde flagraram o aniversariante (o Guilerme) no banheiro com uma ex-BBB. Hanz, o panssexual também não ficou atrás e foi atrás de alguns balões para molestar. Como aquilo estava indecente e começava a afastar convidados, ele foi convidado a se retirar da festa. Porém ele prometeu se controlar, e foi para o quarto com os balões e uma samambaia. A certa altura, um dos convidados que não revelarei qual é, pulou nu na piscina. A piscina, que estava cheia de convidados tomando banho, foi evacuada imediatamente. Marcão encheu a cara, e depois de um tempo aporrinhando os visitantes, começou a chorar. Perguntaram pra ele porque chorava, ele disse que era por causa de Pai Jorginho que continua desaparecido e Marcão acha que ele já está morto. Depois gorfou no chão e dormiu.


Ao final da festa, Marcão estava muito bêbado e queria voltar pra casa dirigindo. Mas avisamos que além de perigoso, tinha o caso da lei seca. Ele disse "tô legal, tô legal. Sabe que cêis saum meus amigo". Pedimos então que o Cão Leproso levasse o Marcão pra casa em seu fusca. Infelizmente o Cão Leproso foi parado em uma blitz. Apesar de não ter bebido, tinha esquecido sua habilitação e foi multado.

No final das contas, foi uma boa festa. Lamentamos por quem não pôde ir.

Comentários

J. Tomaz disse…
nao sou popular...
nem convidado fui...

:(
Guilherme disse…
espero que o Marcão consiga o dinheiro pra pagar a multa.
parabéns, miguuuxus.
Thiago Borges disse…
eu até avisei o cão leproso pra levar o dinheiro do guarda