segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Game Go

Fruto de uma polêmica recente, o jogo para celulares Pokemon Go não irá merecer nenhuma linha deste célebre blog. Não iremos discutir se esse jogo que tem como objetivo capturar personagens de um antigo desenho animado japonês, se esse jogo é uma alienação maçante proposta para nerds fracassados que não tem perspectiva de vida e consequentemente vão morrer pela própria desgraça intelectual, ou se ele é um jogo que estimular a exploração urbana e o contato com novas pessoas que podem eventualmente morrer porque a vida é assim, um dia ela termina.

Neste post temos apenas um objetivo que é citar outros jogos que poderiam ganhar suas versões em realidade aumentada.

Super Mario Go
De olho no celular, o jogador percorreria o reino do cogumelo, povoados de seres que dão choques e de tartarugas. Após cumprir uma série de objetivos iniciais, o jogador poderia partir em busca do objetivo final que é resgatar uma princesa, indicada pelo mapa. No fim das contas é preciso achar um machado que derruba uma ponte. Pode eventualmente provocar prisões por invasão de propriedade privada e depredação do patrimônio público.


Mário Kart Go
Spin-off do jogo acima, esse é para jogar exclusivamente quando você estiver dirigindo, contribuindo para o trânsito seguro na cidade. Coloque o celular no volante e comece a dirigir ziguezagueando por aí em busca de prêmios virtuais especiais. Também seria possível competir com outras pessoas, em uma modalidade já popularmente conhecida no Brasil como “racha”.

Carmageddon Go
Parecido com o Mário Kart, exceção feita ao fato que o objetivo é atropelar pedestres virtuais e para isso você tem que subir na calçada, no canteiro central e eventualmente invadir lojas e, acidentalmente, acabar atropelando pedestres que realmente estavam na calçada inocentemente sem saber do risco a que estavam sendo submetidos.

Sonic Go
Jogo que estimula o atletismo de velocidade, em que você irá percorrer ruas e avenidas buscando anéis dourados e caixas mágicas que lhe fazem somar mais pontos e correr ainda mais rápido (esteroides anabolizantes). O jogo apresenta uma novidade que é a utilização da câmara frontal do celular, onde é possível ver que enquanto você está jogando você é stalkeado por uma raposa voadora e melancólica – uma metáfora para a NSA. Depois de concluído o longo percurso, o jogador chegará à fase final em que é preciso acertar oito pulos na cabeça de uma figura de bigodes popularmente conhecida como chefão. Será um tanto ridículo para quem estiver olhando aquilo aleatoriamente e pode provocar algumas fraturas e mortes. Mas enfim, é isso que nós chamamos de realidade aumentada.

Counter Strike Go
Apenas uma palavra para esse jogo: tenso. Assim como o Call of Duty Go.


Mortal Kombat Go
Jogo que será lançado em breve, quando a evolução dos softwares de realidade aumentada faça com que os celulares sejam capazes de proporcionar novas experiências, como a sensação de ser congelado, ter a sua pele corroída por ácido, ser atingido por raios ou mesmo fatiado em pedaços por um açougueiro sem muita ética e com traços de psicopatia.

GTA Go
Também conhecido como um dia normal na vida da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Minecraft Go
Esse jogo já é praticado diariamente por centenas de pessoas das mais variadas qualificações profissionais e é popularmente conhecido como “Construção Civil”. A diferença do game é que você teria que erguer paredes e a porra toda olhando pela tela do celular o que é certamente bem mais difícil.


Confira em breve os novos “Tetris Go”, “Paciência Spider Go” e “Jogo da Cobrinha dos Antigos Celulares Nokia Go”.

Nenhum comentário :