Seria Cristiano Ronaldo satanista?

A cena se repete em arenas desportivas localizadas em todos os pontos do planeta Terra. Sempre que um jogador marca m gol, acerta uma cesta, marca um ponto, cruza a linha de chegada, atinge um touchdown, nocauteia ou finaliza seu adversário, ele olha para cima, ergue suas mãos e diz: “Senhor, é você. É o Senhor que marcou este gol/ponto/cesta/touchdown/finalizou meu adversário e a você devo minha glória”.

Existem muitas maneiras de expressar este louvor. A maneira mais discreta é levantando uma das mãos, com o dedo indicador esticado e balançá-lo enquanto jura a glória eterna. Outra possibilidade é levantar as duas mãos para o céu e citar um salmo qualquer. Ainda há a possibilidade de levantar as duas mãos para o céu, com os indicadores indicados, e ainda de joelhos e fazer isso acompanhado dos seus colegas de time, que juntos puxam um pai nosso. Também é possível ajoelhar e esticar os braços, repetindo que tudo pode Naquele que te fortalece. Tantos fazem o sinal da cruz e terminam beijando os seus dedos.

Kaká, Marcelinho Carioca, o time inteiro do Cruzeiro e do Santos, Neymar, Lionel Messi. Quase todos demonstram a sua fé quando o êxito esportivo é alcançado e mesmo os lutadores de MMA não perdem a oportunidade de agradecerem a Ele por terem conseguido esmurrar seu adversário, acertar socos contra sua cabeça apoiada no chão, arrancando sangue do seu rosto e provocando pequenas concussões cerebrais.

Jogadores muçulmanos louvam a Meca quando alcançam o objetivo esportivo. Os hindus emitem pensamentos positivos para uma vaca e cada religião tem a sua maneira correta de louvar.

No entanto, há um jogador que não demonstra sua fé desta maneira. Bem, na verdade vários não demonstram, mas este que eu cito vai além: Cristiano Ronaldo. O marrento atacante português, quase sempre que marca um gol, corre ferozmente, aponta os dedos para baixo e grita “eu estou aqui”. Um sinal autoafirmativo, mas que demonstra seu gosto pelo obscurantismo. Todos nós sabemos os significados místicos: deus em cima, no céu e o diabo em baixo, sob a terra.

Ou seja, quando Cristiano Ronaldo marca um gol, ele faz questão de apontar para a terra e lembrar onde é que está Satanás. Ele clama pela força de Lúcifer em suas realizações. Quem está ali é o Belzebu em pessoa, possuindo o corpo do português e permitindo que ele atingisse as velocidades que ele atinge e chutasse com a força que só ele consegue. Só o Tinhoso conseguiria fazer essas coisas e ainda descer escadas de cabeça para baixo. Só o Diabo conseguiria ser tão nojento quanto o CR7.

Bem, pode parecer uma loucura minha, mas em uma breve pesquisa na internet vocês irão descobrir que a teoria tem fundamentos. Encontramos fotos de Cristiano Ronaldo fazendo chifrinhos com as mãos e também numa posse que certamente remete a besta.


Porém a maior teoria conspiratória sobre o luso-português é a de que ele seria um Illuminati, seja lá o que quer que essa besteira de Illuminati signifique para essa multidão de leitores de livros do Dan Brown. Fato é que ele gosta de fazer triângulos ao redor dos olhos e ultimamente desfilou com um corte de cabelo que tinha um triângulo desenhado. O símbolo de três pontas seria Illuminati.

Bem, pouco importa. Nós gostamos de semear a polêmica e, de agora em diante, está página será mais uma no meio dos registros históricos da teoria conspiratória.

Comentários

Unknown disse…
áh num sei não em guilherme....pensa comigo...
ele não tem tatuagem em lugar nenhum..pois isso ea marca da besta...
eu tambem fasso chifres,gosto de fazer essa comemoração...
porque ele pode ser fã do Eminem ou do Homem aranha...pra mim CR7 éo melhor,,,,
Messi tem tatuagem,neymar,ibrah e etc...verificar isso pra vc ver!!!!!!!!!!