sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Isso aqui é um dos números acima de tudo bem com a gente se fala

Os modernos smartphones querem fazer com que cada vez menos você tenha que se preocupar com a vida. Ele resolve tudo por você, comandando seus horários, te avisando das coisas e, enfim, chegará o dia em que viveremos como o Joaquim Phoenix no filme "Ela", nos casando com sistemas operacionais que nos colocam chifres quando nós menos percebemos.

Nestes aparelhos modernos, existe uma função que jé é amplamente conhecida, divulgada e ridicularizada. Falamos do auto-correct. Sua função é corrigir os erros de digitação, sempre frequentes nesses teclados minúsculos e apertados da telinha do celular. Só que, muitas vezes, ele corrige o erro de digitação para algo completamente diferente, ou não reconhece uma palavra que você utilizou e a troca por algo que irá te trazer sofrimento, humilhação e morte.

No entanto, existe outra função nesses aparelhos de celular que é a função de sugerir a próxima palavra que você irá utilizar. Sim, compre um novo celular e digite "Dilma" que o seu celular vai apontar que a próxima palavra deve ser "Rousseff". Muitas vezes essa sugestão é assustadora, porque ele é capaz de escrever uma frase inteira que você ia escrever, como se o smartphone estivesse lendo a sua mente.

Não sei como é que eles fazem isso, mas deve ser um logaritmo. Baseado em um banco de dados pré-existente, talvez ganhando novos updates e também se adaptando a forma como o seu usuário escreve. Em pouco tempo, seu celular começa a escrever palavras que você usa frequentemente e de certa forma você fica escravo do seu próprio estilo.

Mas bem, nem tudo é perfeito. Para mostrar isso, resolvi compor as frases a seguir no meu celular e transformá-las num post do CH3. Começamos com uma palavra e aí vamos ver no que dá. Vamos ver no que dá?

O CH3 despreza aqueles que se eu não for possível de ser um pouco mais de um amigo meu que tem que ser levada a sério o que eu queria saber se o senhor apóia a gente se fala em casa e a gente publica que foi a primeira vez que eu não sei se é possível fazer uma pergunta sobre a minha parte do meu pai e a outra pessoa e o cara que eu possa me dar um pulo lá na casa de um amigo meu que tem que ser levada em conta no Twitter.

Esse aqui é o fist. Agora, se você quiser
saber sobre o fucking, faça a busca no google
por sua própria conta e risco
Eu não sou como você está pensando em fazer um comentário da primeira parcela do seguro do carro e o que eu queria saber se o senhor apóia o fist fucking de um amigo meu que tem que ser levada em conta no Twitter.

Você pode ser que eu não sei se é que eu curto que tem que ser levada em conta no Twitter.

Eu chamaria de desocupado mesmo que eu não sei se é que eu curto que tem que ser levada em conta no Twitter.

Eu tenho raiva de mim e para o meu e o que eu queria saber se o senhor apóia o fist fucking de um amigo meu que tem que ser levada em conta no Twitter e Facebook.

Eu tenho que fazer para o dia inteiro e a sua conta e o cara que eu não iria se o cara é muito mais que eu possa me dar um pulo lá no site do evento é gratuito para o dia inteiro e a sua conta e o cara que eu não iria se o cara é muito mais que o senhor me lembro de ter um bom dia para o meu e o que eu queria saber se a gente se fala em casa e a gente publica que foi a primeira vez que a senhora vai ficar com ele para o meu nome é uma mensagem para o meu e o que eu queria saber do que o ebola de um amigo meu que tem que ser levada em conta no Twitter.

Pai Jorginho de Ogum é pé frio demais para ser enviada com o pessoal do site da empresa e o que eu queria saber se o senhor apóia o fist fucking de um amigo meu que tem que ser levada em conta no Twitter.

Cão Leproso lamentou a derrota do que eu esperava que o senhor me lembro de ter um bom dia para o meu e o que eu queria saber se o senhor apóia o fist fucking de um amigo meu que tem que ser levada em conta no Twitter.

Dilma Rousseff e o que eu queria saber se o senhor apóia o terrorismo.

Aécio bater na porta do quarto e sala de aula e a gente publica que foi a primeira vez que eu não sei se é que eu curto que tem que ser levada em conta no Twitter.
Marina Silva Sanches de um amigo meu que tem que ser levada em conta no Twitter.

Veja que, em pouco tempo, se você deixar, o celular toma o controle das ações e entra numa conversa repetitiva que só quer saber do fist fucking alheio e sobre a reputação das pessoas no Twitter. Ou será que sou eu que quer saber disso? Assustador, não é mesmo?

Um comentário :

Gressana disse...

Hahahahahahhaa!
Alguém aqui só quer saber de twitter e opinião alheia sobre fist...