Guia CH3: Como organizar uma festa surpresa de aniversário

Organizar uma festa surpresa de aniversário não é das tarefas mais fáceis para um ser humano. É um longo e tortuoso caminho que tem quer ser percorrido entre a concepção da ideia até o momento em que o aniversariante abre a porta e encontra toda a turma do ensino médio, que ele não via a 12 anos, escondida atrás da mesa do bolo, utilizando chapeuzinhos de aniversário.

Primeiro você precisa definir bem o perfil da pessoa que será surpreendida. O aniversariante não pode ser alguém que já esteja planejando uma festa por conta própria. Nesse caso, a festa não seria surpresa e não seria uma boa ideia tentar demovê-lo desta intenção.
- Então cara, meu aniversário e na sexta, vou fazer uma festinha lá em casa.
- Melhor não heim…
- Ué, porque não?
- Ah, ninguém gosta de você. Todo mundo aqui te odeia, você quer levar esse monte de filha da puta pra sua casa? Até quando você vai bancar o otário? Seu merda!

O aniversariante irá se transformar em um completo depressivo e muito provavelmente irá se jogar de cima do viaduto hoje mesmo. Caso ele sobreviva até o dia do aniversário, a surpresa da festa não irá recompensá-lo. Vai parecer que a festa foi pra se desculpar pelo incidente e não que o incidente serviu para promover a festa. O aniversariante poderá derrubar o bolo sobre os convidados e emitir gritos engraçados.

O perfil ideal para um aniversariante que pode ser surpreendido é aquele que age de maneira descompromissada em relação a data. Aquele que diz que não irá fazer nada, que não liga para essas coisas. Na sexta ele só vai ficar em casa escutando Simon & Garfunkel e, quem sabe, pedir uma pizza. Bem, esse tipo talvez seja meio depressivo.

A organização da festa não é exatamente simples, porque uma boa festividade inesperada é organizada de última hora. Não por falta de planejamento, mas sim porque diminui as chances de alguém estragar tudo.
- Opa, até mais tarde Marquinhos!
- Até mais tarde?
- Opa, nada não, não vai ter uma festa surpresa pra você hoje, fica tranquilo.

Perceba que é preciso fazer um verdadeiro trabalho em equipe. Você precisa notificar todos os convidados de que a festa é surpresa e precisa trabalhar esta mensagem para que nada dê errado. Imagine manter a mentira durante um período longo? Pastores, maçons e membros do Telexfree tem mais facilidade em trabalhar desta maneira e por isso tem mais chances de organizar um bom evento.

Você também terá menos tempo para adquirir todos os itens necessários para organizar uma boa festa, como: cadeiras, mesas, comida, bolo, docinhos, copos, pratos, bebida, um freezer, estroboscópio, giroscópio, pirocóptero, DJ, caixas de som, chapeuzinhos coloridos, línguas de sobra, strippers, anões trapezistas, um mastro de pole dance besuntado em geleia de morango, capsulas de cianureto, piscina de bolinhas e um bode.

O local da festa também é uma preocupação e tanto. Se ela ocorrer na casa do aniversariante, você tem que dar um jeito de organizar tudo e levar várias pessoas até dentro da casa dele, sem que ele perceba. É mais fácil se você tiver a chave da casa ou se você subornar o porteiro. Em todo o caso, sempre vale a pena estudar a possibilidade de alugar um espaço, invadir a casa de uma pessoa ou realizar a festa na rua. #vemprarua

Também fica difícil se você for colega de trabalho, porque o aniversariante estranhará a sua ausência no local de trabalho. Ou então, estranhará o fato de que você está pesquisando o preço do aluguel de bodes. Fica a dica: se perceber alguém consultando o preço do aluguel de um bode, saiba que é para uma festa surpresa.

O último passo é convencer a pessoa a ir até o local da festa. Se a festa for na casa do aniversariante, uma hora ele irá aparecer por lá. Mas quando? E se vocês descobrirem da maneira mais cruel que ele se traveste de noite e leva clientes para casa? E como você vai convencer o cara a ir até um Buffet na saída da cidade? No mínimo ele vai achar que você quer assassiná-lo, ou estupra-lo. E se ele já marcou de jantar com a mãe dele nesse dia? Ai a casa caiu. Só resta uma última alternativa.
- Vamos lá que a gente te organizou uma festa surpresa, porra.

Comentários