As origens do CH3

SEMANA CH3 2009Graças ao sucesso da edição do ano passado, vamos repetir a semana CH3. Uma semana especial de aniversário do Blog. Como este ano o blog está completando 3 anos, um número cabalístico para o CH3 (afinal, temos 3 no nome, temos 3 letras, e somos 3 pessoas) resolvemos postar sobre o CH3. Suas origens, seus trabalhos, seus projetos, sua história e o seu futuro. Conto com a participação de todos.
----------------------------------------


Como quase tudo nesse planeta, a origem do CH3 veio de uma explosão chamada Big Bang, que deu origem ao relógio do Big Ben, aos filmes de Bang Bang e a tudo mais. As partículas se juntaram e daí os seres foram evoluindo até chegar ao homem de hoje em dia. Se você preferir a teoria criacionista, podemos então dizer que a origem do CH3 vem de Adão e Eva, da maçã da cobra, expulsão do paraíso, e histórias cabulosas sobre irmãos que se matam, travessias pelo deserto e pelo mar, auto-circuncisões, chuva de grilos, enxofre, traições e tantas outras coisas.

Mas tudo isso resultou em três homens. Thiago, Vinícius e Guilherme, que por uma coincidência da vida, começaram a fazer o curso de comunicação social na UFMT em 2005. Vinícius e Thiago já eram universitários. Graças à seita masoquista a que eles pertenciam, eles cursaram Engenharia Civil durante um período. Vinícius fez esse curso por dois anos, pasmem. Já Guilherme ainda era um menor de idade, que não podia dirigir, comprar bebida alcoólica e tinha que mentir a idade nos sites pornôs.

O CH3 só surgiu graças a coincidência, incrível coincidência, que faz com que pessoas escolham o seu lugar para sentar na sala de aula. Há pessoas que sentam do lado perto da porta, e existem aqueles que sentam do lado oposto da porta. Tem os que sentam no meio também. Mas, realmente não se sabe porque, o lado em que as pessoas sentam na sala diz muito sobre suas personalidades. Alguém que sente do lado oposto ao da porta, jamais será amigo de alguém que senta do lado perto da porta.

E todos no CH3 sentaram do lado oposto a porta. Vinícius e Thiago, que já se conheciam rapidamente dos tempos de engenharia sentaram juntos, na tentativa de sobreviver ao começo da faculdade. Guilherme estava ali, pela coincidência. Aliás, Guilherme e Thiago não faziam a menor idéia, mas eles estudaram na mesma escola de jardim de infância.

Veio uma longa greve, e o recomeço das aulas somente a partir de 2006. A essa altura Thiago já havia virado Tackleberry, e logo seria apenas Tackle. O responsável pelo apelido foi Jesus. No dia em que o chamarmos de Tá, é melhor que o blog acabe.

O segundo semestre foi um período de criações. O lendário desenho “Onde está Dyoly” os lendários panfletos da Chapa 03. Vinícius desenhava adoidado nessa época. E meu caderno tinha qualquer coisa, menos matéria escrita. E foi um dia na aula de filosofia que filosofávamos sobre algum assunto besta. Falei sobre os tantos nomes de músicos que começavam com J.

E Tackleberry então levantou a questão sobre os mitos do cinema de ação. Charles Bronson e Chuck Norris começavam seu nome com CH. Dois dos seres humanos mais fodas do planeta. Juntava-se a eles Chimbinha. E estava feito o CH3. A folha que presenciou essa discussão é essa exibida logo abaixo.

Passaram-se mais alguns meses, e veio o terceiro semestre. Professores que faltavam, professores que não davam aula, Zequias subindo a rampa do bloco pelo vão, Copa do Mundo, os Chuck Norris Facts, a volta do Skinny. Foi nesse contexto que Tackleberry criou no dia 21 de junho de 2006, o blog CH3.

Comentários

Andreza disse…
Ah, eu adoro a semana do CH3. Lembro que ano passado teve uma retrospectiva dos textos memoráveis e ainda fomos mencionados no blog. Que emoção.Eu até fiz um texo em um semestre que mencionava que CH3 é metano menos um H.Vai ter um prêmio surpresa pro milésimo visitante do blog? Tipo: o CH3 faz aniversário e quem ganha o presente é você?
Adérito Schneider disse…
Vocês são umas das mentes mais idiotas que eu conheço. Ainda bem. (Sim, isso é um elogio. Foda-se a lógica).
Meu texto preferido ainda é um sobre como se tornar crítico de cinema. Gosto muito também daquele que fala de um cargo na Polícia Federal para dar nomes as operações... hahahahaha!
Gressana disse…
Aeeeeeeee!!!
Semana CH3 é sempre fantástica e nostálgica!!
Essa folha de papel que começou o CH3 é um tesouro!
Zequias Nobre disse…
Meu mundo jamais foi o mesmo depois do CH3...