Guia CH3: como ser um super-herói

Saudações, CHnautas!
Preparem-se para mais um surpreendente Guia CH3!
O tema de hoje é fantástico, espetacular e outros adjetivos superlativos. Ensinaremos a vocês como se tornar um super-herói. Vemos que essa década foi dominada por super-seres nos nossos cinemas. Então compreendemos que, se algum de vocês quiser imitar e sair por aí combatendo o crime, que faça direito. Siga este guia antes de pendurar uma capa no pescoço e tentar voar do alto do seu prédio. Lembre-se, ninguém pode ver você sair do seu prédio. Jogue-se de um prédio que não seja sua morada.

Primeira lição: conseguindo seus poderes.

Antes de mais nada, para ser um vigilante você precisa ter poderes. Não é necessário que eles sejam super-poderes, como é o caso do Batman, cujo poder é ser um multi-milionário que pode comprar as bugigangas que quiser. Mas claro, ele sabe lutar também. O Homem de Ferro também não tem poderes, mas ele é outro multi-milionário que construiu uma armadura foderosa com seus recursos. Ou seja, se você não puder adquirir super-poderes, ser rico ajuda muito.
Mas digamos que você é um pobretão, como vai fazer pra se virar? Existem várias opções:

-Seja picado/mordido por um inseto ou outra criatura repugnante geneticamente modificada. Você vai receber as mesmas habilidades dela, só que proporcionais ao tamanho do seu corpo. Prefira aranhas, abelhas e escorpiões, são mais legais do que libélulas e vaga-lumes, por exemplo. Mas tenha certeza que o animal é geneticamente modificado ou foi exposto à radiação. Normalmente você encontra em laboratórios científicos que fazem pesquisas sobre isso. Claro, você pode tentar ser picado por animais que encontrar por aí, mas vai correr um risco muito alto.
-Seja exposto à radiação: A radiação, ao contrário do que dizem, não mata. Se você é exposto a ela, você ganha habilidades extraordinárias. Dirija-se imediatamente a Angra dos Reis, ou a qualquer teste nuclear para conseguir seus super-poderes.
-Descubra se você na verdade é um mutante. Essa chance é mínima, pois se você fosse mutante, ia ter percebido por alguma deformidade em seu corpo e a habilidade de fazer coisas bizarras. Mas tente um exame de DNA, quem sabe você não tem um gene latente.

Segunda lição: construindo sua imagem.

Ok, você já ganhou seus poderes. Agora precisa mostrar ao mundo quem você é:

-Primeiro, pense em um codinome. Ele tem que ser impactante e bacana. Alguns são óbvios. Por exemplo, o Homem-Aranha tem poderes de aranha. Veja do que provém os seus poderes e batize a si mesmo com Homem-___________, ou Capitão ___________, ou Super-___________. Cuidado pra não gerar nomes escrotos, como Homem-Cachorro, Super-Boi, etc.
Você ainda pode adotar nomes escabrosos, como O Satânico, O Devorador, etc. Cuidado com nomes tipo Violador, podem te colocar na cadeia.
-Seu uniforme é importantíssimo. Fabrique um sabiamente. Cores gritantes já não mais estão na moda. Hoje em dia o que pega bem é couro preto. Ou spandex discreto. Evite coisas que atochem no seu toba ou prendam seus cocos. E prefira algo que não dê muita coceira.
-Sinceramente, eu não sei como os heróis conseguem seus uniformes sem revelar quem são. Todos devem ser alfaiates incríveis, imagino. Se você não é, se vira e procure um que não vá desconfiar de nada.
-Evite parceiros mirins. Sério mesmo, só vai ser pior pra você. Ande sozinho. Você vai ser taxado de homossexual até a morte. E se seu parceiro for menor de idade, pior, você vai ser visto como pederasta. Procure trabalhar sozinho, na boa.

Terceira lição: arrume alguns super-vilões.

Não adianta nada você ser um super-herói fantástico se não tiver um nêmesis. O que seria do Batman sem o Coringa, do Homem-Aranha sem o Duende Verde, do Super-Homem sem o Lex Luthor? Você não quer ficar enfrentando bandidinhos pela vida inteira, quer?
Pois é. Faça com que algum maníaco culpe você por uma tragédia que ocorreu a ele. Isso pode ser um pouco difícil, pois você tem que manter o status de herói. Vai dar trabalho, mas faça.
E não deixe que ele descubre sua identidade secreta. Oh, sim, pois você precisa que sua identidade seja secreta, porque se descobrirem que você é, seu inimigo mortal vai atacar sua família e todos que você quer proteger. Além disso, se todos soubessem que você é, qual é a graça de usar um uniforme bacaba?

Quarta lição: não ganhe nada por isso.

Essa é a mais dura das lições. Você gastou grana pra fazer seu uniforme, vai perder tempo que podia estar ganhando dinheiro para combater o crime, vai arriscar sua vida centenas de vezes e não vai receber um puto por isso.
E pra que você faz isso então? Porque "com grandes poderes vêm grandes responsabilidades". Você que quis ganhar os super-poderes. Agora se vira. Se você ganhou sem querer, se vira também. Ser super-herói não é mole mesmo.

Encerramos aqui mais um lendário guia CH3. Não esqueça de assistir Watchmen no cinema, que deturpa praticamente tudo que você sabe sobre super-heróis.
E lembrem-se, vencedores não usam drogas!

Comentários

Emily Carvalho disse…
cara, eu tenho um super poder. na verdade acho que sou mutante. sei fazer uma coisa bizarra com os braços! eles conseguem dobrar além da conta quando eu os estendo... isso serve?
ahahahaha
Guilherme disse…
cara, esse guia levanta questões importantes. O Super-homem trabalha de jornalista. Ele sinceramente não tem como ganhar dinheiro com isso.

E o Homem-libelula seria uma espécie de Robin.
Thiago Borges disse…
pra mim quem faz os uniformes dos super-heróis é um super alfaitate, com habilidades extraordinárias e cego, assim não sabe a identidade de seus clientes...ou simplesmente são as mães e avós que costuram
Anônimo disse…
ai cara ter um cabeçao fora do normal e ser genio é uma habilidade mutante?porque se for eu sou o mais poderoso do mundo.
gui disse…
e tambem vc pode juntar grana comprar uma espada fazer umas aulas fazer uma fantasia comprar umas bombinhas dar um jeito de conseguir um colete a prova de bala compra umas cordas de rapeu e sai metendo terror nos criminosos.(;-)