Lei Seca

As coisas não vão nada bem em CH3. Guilherme e Cão Leproso continuam em sua peregrinação em busca de Pai Jorginho de Ogum, que está desaparecido. No último telegrama os dois informaram estar no Rio de Janeiro, onde segundo relatos do povo nativo, Pai Jorginho estaria sendo mantido refém, mais precisamente no inóspito Complexo do Alemão.

E se as coisas não estão bem por lá, por aqui estão pior ainda, tudo por causa dela, a maldita Lei Seca. Só por que o Detran comprou uns bafômetros novos, os PMs resolveram estrear, igual criança com brinquedo da moda. Você duvida? Então fala aí qual foi a primeira coisa que você fez quando ganhou um Tamagotchi hein? Hã? Você não teve um Tamagotchi!?!? Ah, então é melhor eu nem falar mais nada.

O resultado dessas maquininhas do Demo espalhadas por aí não foi nada bom para a equipe CH3, principalmente para nosso amigo Hanz, O Pansexual, que caiu numa blitz no sábado, quando saía do Getúlio. O guarda que parou Hanz na blitz invocou com o traje masoquista que o velho usava e pediu para ver os documentos, Hanz prontamente atendeu o pedido, colocando seus documentos para fora do macacão de látex, vieram então uma bela surra e um pedido muito educado para fazer o teste do bafômetro. O velho Hanz é um cidadão pacato e exemplar e não tinha bebido uma gota de álcool, então colocou o bafômetro na boca sem resistência, o problema começou quando ele não resistiu aos instintos, e como todo bom pansexual começou a simular sexo oral com o aparelho.

O resultado da noite foi eu saindo bêbado de casa para resgatar o nosso amigo da delegacia, o Vini não pode ir porque estava em uma festa do cabide e um sacana roubou o guarda-roupas da casa, e o pior foi ter que fazer o percurso por todos os becos da cidade pra fugir das blitz, já que eu não podia contar com as visões de Pai Jorginho em meu auxílio.

Depois de viver todo esse drama, comecei a imaginar as mais diversas formas de driblar a Lei Seca, e faço algumas sugestões aos CHnautas:

- O teste do bafômetro não pega as drogas ilícitas, então elas podem ser uma alternativa, mas cuidado, muito cuidado, a pena pelo uso delas costuma ser muito pior.

- Cheire vários gatinhos antes de sair de casa, você vai ficar doidão, além do mais nenhuma lei proíbe que você cheire gatinhos. Ainda.

- Leve um colchão para o bar, antes de fechar a conta, deite do lado da mesa e durma até o efeito da bebida passar. Se não passar também não tem problema, de manhã cedo a polícia geralmente está dormindo.

- Adestre um animal para dirigir para você. O animal mais indicado até agora é o chimpanzé. Golfinhos também são inteligentes, mais ainda não têm pernas e braços.

- Faça tudo a pé, os bêbados pedestres ainda não estão sendo multados. Você pode optar também por meios alternativos de transporte, como camelos, lhamas, jegues e até mesmo balões, que ultimamente estão na crista da onda.

- A opção mais eficaz com certeza seria a contratação de um vidente para te informar a posição das blitz, mas está difícil achar bons profissionais no ramo, principalmente com o desaparecimento de Pai Jorginho.

Agora aguardamos o retorno de Guilherme e Cão Leproso, na esperança de que eles não tenham caído em uma cilada.

Comentários

mairamaiden disse…
Essa Lei Seca tá um inferno mesmo... Li um artigo contra a Lei Seca alegando que as doações de orgão diminuiu pra 55%. Jurei que fosse humor negro...
Gressana disse…
"Hanz prontamente atendeu o pedido, colocando seus documentos para fora do macacão de látex"
ahHAHahHAHahHAHhaHAHhahAHha!!!

Bom, o problema é que a lei também acaba com a graça de quem só molha o bico.
A idéia do colchão é muito boa também.
Guilherme disse…
Felizmente ainda não fui parado em blitz. Mas, qualquer coisa, o cão leproso não bebe. E ele stá com os documentos dele.

Agora, tenho que sair daqui, posso estar sendo observado,
J. Tomaz disse…
ainda bem que NUNCA bebi na minha vida. e nao sei se é problema, mas nunca dirigi também...