A vida sem internet

Caros CHnautas, estive ausente por algum tempo porque estava sem internet em casa. Na verdade, ainda estou. Estou postando esse do meu trabalho. No horário do expediente.
Durante o tempo que fiquei afastado do mundo virtual, fiz algumas flexões e reflexões sobre a importância que a internet tem nas nossas vidas nos dias atuais.

Com a internet, a gente esquece que existe telefone. É comum vermos casos como esse:
-Cara, você tem visto o Batatinha? Não consigo falar com ele, o cara não aparece no msn e nem responde meus recados no orkut.
-Já tentou ligar pra ele?
-Ah... É mesmo, né.

Falando em orkut, sem esse famoso site de relacionamentos, as pessoas ficam desnorteadas. Hoje em dia todo mundo tem no mínimo um perfil no orkut. Quem não tem é considerado um elemento excluído do meio em que convive. Muitas festas e eventos são combinados e marcados apenas via orkut. Muitos assuntos e debates de importância vital são travados no orkut.
Por isso, se um dia acontecer uma hecatombe orkutiana e ele acabar, o país inteiro vai entrar em desespero e não vai saber o que fazer. Demoraria muito tempo pras coisas voltarem para o seus eixos. Muito tempo mesmo.

Viciados em seriados sofreriam de ansiedade na falta de internet. O maior prazer não é apenas assistir a um episódio novo, mas sim baixá-lo no mesmo momento em que cair na rede. Veja:
-Rapaz, é hoje que sai o episódio novo de Sbrubbles... E eu sem net...
-Ah, tudo bem, me empresta um pen drive que eu gravo pra você.
-Não é a mesma coisa...

Enfim, temos o youtube, que virou mania mundial. A grande diversão do pessoal internauta é ver vídeos engraçados ou bizarros pelo youtube. Falta de youtube pode causar grande angústia e depressão nas pessoas. É um caso sério.

Imaginem, caros CHnautas, que estou passando por tais situações. É triste.

Comentários

Guilherme disse…
bem
1) Realmente existiu um batatinha na comunicação social.
2) Prova dos debates vitais feitos são os tópicos da comunidade da ufmt.
3) Sem internet não se consegue ver o CH3. Isso é deveras trágico.
Thiago Borges disse…
Venho tendo dificuldades pra postar comentários, mas estou vivo
Livinha disse…
ôooooo dó...
June disse…
KKKKKK
Vida difícil...
Como dizem aqui em casa: eu sem net sofro crise de abstinência...
Lali disse…
eu ví você postando, huahua!