Mais poemas de Vinícius

A primeira edição de Poemas de Vinícius foi um sucesso estrondoso. Não tanto quanto o conto erótico, é óbvio. Afinal, mais da metade da internet é movida a sexo. O orkut, os fotologs e os sites realmente úteis são apenas 1/4.
Mas nem por isso deixaremos de incentivar a cultura. Mesmo que ninguém vá no Google pesquisar "poemas de Vinícius", a gente coloca aqui uma amostra da segunda edição do livro "Gressana: antologia poética", livro que contém versos do poeta Vinícius (deixando claro que não é o de Moraes, mas sim esse que vos fala).
Não percamos tempo, vamos logo a um poema parnasiano, mostrando que o autor também envolveu-se com a mais rebuscada fase da poesia.

Papibaquigrafando

Contemplei, ó insanos mequetrefes
De tal magnífico papibaquígrafo
As abóbodas octangulares e singulares
Equipará-lo torna-se impossível

Conteúdo explêndido interior
D'outra vez o menestrel ousou profanar
Agonia ele hoje em profundezas abissais
De seu profundo crepúsculo cardíaco.

Um pouco mais à frente, o autor relembra sua passagem pela poesia concreta, capítulo que remete ao seu livro anterior:

Metáfora
Metádentro
Metáfora
Metádentro
Metáfora
Metádentro
-Ahhh...

Claro, não podemos esquecer da fase romântica, em que nota-se a presença do bucolismo, resultado dos tempos em que o autor passava afastado da cidade, uma vez por ano.

Em meus domínios

Quem dera eu ser pastor de ovelhas
Deitar no pasto mordendo capim
Com o dedo coçando as orelhas
E uma pastora gostosa
[pagando um bola pra mim

À minha frente a vastidão do pasto
Estou acostado em um pé de peroba
Vestindo meu chinelo gasto
E ao meu lado um cachorro lambendo o toba

Em meu domínio tenho até o mangue
Mais à frente, exuberante verde encosta
Mosquitos sugando litros de sangue

E no ar paira o cheiro de bosta
A única coisa que me causa desgosto
É que galinha é um bicho muito escroto.


Em uma das fases favoritas do autor, por volta da década de 80 víamos que a poesia ultrapassava até mesmo os limites do modernismo e criava movimentos independentes e vanguardistas. O autor compôs poesias dadaístas, sua fase mais punk:

Eu gosto
De Dead Kennedys
E de refrigerante
Vão cagar.

Enfim, é uma antologia de um poeta que sabia expressar em versos o que a maioria das pessoas considera obceno e ultrajante. Gressana convida o leitor a sentir um prazer às vezes até mesmo constrangedor através dessa obra.
Aproveite e faça seu pedido agora mesmo pela Editora CH3, pelo preço de R$59,90. Aceitamos cheque.

Comentários

Guilherme disse…
rapaz, impressionante. O poema parnasiano seria de dar inveja... a esses parnasianos da vida.
J. Tomaz disse…
Gostei...
Mas tá muito caro esse livro!!
59,90 eu compro a cesta básica de lá de casa...
Afff.............
lady disse…
Vini, eu vou orar por vc.
Thiago Borges disse…
O preço para mulheres deveria ser 69.