500 visitas

Não é todo dia que um blog consegue chegar a marca de 500 visitas. Tá bom, não é todo dia que se chega a 371 também, mas quem é que liga para o número 371 a não ser os trzentosesetentaeumfilos? Tá bom, tem sites que conseguem ter 500 visitas por dia, por hora. Mas oras, nós somos modestos, porra.

Mas o número 500 é cercado de misticismos. Descartes por exemplo, costumava a dizer que "500 é um numero maior do que 499 e menor do que 501". Tá bom, você pode dizer que isso é lógico. Mas Descartes pensou para fazer isso, e pensando, logo ele existia. Você não tem idéia de como isso mudou o mundo, rapaz.

Normalmente a chegada de alguma coisa a 500 provoca comemorações. Em alguns casos provoca outras coisas também, como no caso do fazendeiro que ao descobrir que sua mulher havia tido casos com outros 500 homens, foi para o bar e bebeu 500 doses de cachaça. Você pode até pensar "isso seria uma comemoração?". Talvez fosse, mas deixou de ser a partir do momento em que ele ateou fogo no próprio corpo. O fogo demorou 500 dias para poder ser apagado. Você pode de novo pensar "mas porra, não tinha água?". E eu digo que tinha. mas beba 500 doses de cachaça, taque fogo no seu próprio corpo e tente apagar para ver se consegue.

Mas voltando as comemorações, elas são das mais excêntricas possíveis. Nosso amigo e colaborado Vinicius Gressana por exemplo, comemorou a qüinquagésima vez em que foi atingido pelos dejetos de um pombo em sua cabeça, derramando geléia de mocotó em seu corpo, e ainda comeu 5 baguncinhas.

Romário comemorou o seu gol de número 500 indo a uma boate com sua namorada. O lendário jogador de bocha Rubens Adoniran, comemorou sua qüinquagésima vitória indo em um puteiro, só que sem camisinha. E o que ele ganhou com isso? Nada, além de doenças venéreas.

O Brasil comemorou os seus 500 anos de existência com uma rajada de fogos. Por mais que ainda há controvérsias, e pessoas afirmam que até hoje os fogos ainda deixaram marca de bala perdida em suas paredes.

Rubinho Barrichello comemorou a qüinquagésima vez em que deixou Schumacher passar por ele, fazendo um espetáculo pirotécnico logo após o seu carro quebrar. Comunidades foram até criadas no Orkut, mas Rubinho Barrichello apagou todas, uma por uma.

Chuck Norris não comemorou o qüinquagésimo roundhouse-kick, porque estava ocupado matando uns vilões. Além do mais Chuck Norris não comemora, nunca. Ele não tem sentimentos. Nem unzinho.

Guilerme, o original também por sua vez, comemorou sua relação sexual de número 500 com uma mulher que esteve na capa da Playboy gravando esse vídeo:

E você pode estar perguntando, e o que nós estaremos fazendo? E o que você vai ganhar com isso? Pois ai é que está, ainda aceitamos sugestões, mas o objetivo por enquanto é uma festa do cabide.

Mas por enquanto, só vamos adicionando que na milésima visita, iremos comemorar no Maracanã.

Comentários

Carlo Gressana disse…
É isso aí, esse é um post para entrar na história! Não é todo dia que se recebe 500 visitas. Bem, tá certo que tem uma garota no orkut que recebe mais que 500 visitas por dia, mas é porque ela é muito gostosa. E como ela comemora? Ah, pegunte isso pra ela.
Mas bem, eu vou comemorar esse post comendo 500 amendoins torrados cobertos com sal.
Daniel disse…
ao ler este post e tentar usar o photoshop e o corel ao mesmo tempo pela 500 vez, meu computador travou pela 498 vez esse ano.
Vou ler mais duas vezes da mesma maneira pra ver se comemoro a marca das 500 travadas de alguma forma.
Thiago Borges disse…
Este é um momento ímpar em toda a história da humanidade, se eu fosse o presidente da república decretaria feriado nacional e promoveria 500 lutas de gostosas no gel em todo o país, até no acre, mas como não sou, vamos tomar uma coquinha.
j. tomaz disse…
nao... as acreanas nao!!! peloamordedeus!!!! elas sao muito feias... prefiro ter q ver o filmr porno da gretchen.

Gente... como eu ri lendo... estou com a barriga doendo de tanto ir (nao sei porquê, mas estou)...


muito bommmmm!!!!