Até a vitória

A campanha de Jorginho de Ogum comoveu a cidade, o estado e quiçá o país. Em todos os lugares, em todos os cantos, a candidatura de Jorginho e o numero 99 estavam na boca do povo. Com muita coragem e pouca covardia, Jorginho enfrentou os leões que estão no poder, andando para a frente, sem voltar para trás. Como nesse trecho do debate entre os candidatos ao governo.
- Candidato Blairo Maggi... você... gosta de batata?
- Minha pergunta para o candidato Antero é bem simples. Vossa excelencia, costuma a sentir coceira no toba?
Pesquisas IBOPE comprovaram, que Jorginho venceu o debate. 100% das pessoas disseram que Jorginho esmagou seus adversários impiedosamente. Aqueles que não apontaram a vitória de Jorginho, foram esmagados impiedosamente pelos amigos de Ogum. Ai está a coerencia, algo que falta a tantas candidaturas e algo que Jorginho tem de sobra.
Quando perguntado sobre seus pontos de vista, Jorginho de Ogum não se manteve reticente, e respondeu com clareza os seus pontos de vista.
- Claro que eu sou a favor do nepotismo, você mesmo Blairo Maggi foi empregado por seu pai, na sua empresa de soja, funciona mais ou menos assim.
- Sim, eu sou a favor de explodir hospitais senadora Serys. Antes não ter hospitais do que ter que comprar ambulancias superfaturadas.
- Sim Antero, eu sou cafetão, não tenho vergonha dos meus amigos.
Nos bastidores, o vice Marcão, se embebedava com vidros de perfume e fazia sexo animal com as faxineiras idosas. Programas socias de inclusão social verdadeira, eis o que pretende Marcão.
Neste momento, Jorginho está cultivando um de seus hábitos, como assistir filmes de coprofagia. Ele pretende acordar cedo amanhã e ser o primeiro a chegar a sua zona eleitoral, para poder subornar os fiscais, mesários e trilhar o seu caminho para a vitória. Encerrando a campanha, temos uma mensagem de Jorginho de Ogum, para você, nobre eleitor:
"Caro eleitor. Chegou a hora. A hora da vitória. Quero vencer, porque preciso de dinheiro. Eu sei que você precisa também, mas ninguém mandou não ser politico. Em meu governo, mergulharei o estado em um caos, que obrigara as pessoas a terem que se mudar para outro estado, em busca de oportunidades. Com o estado esvaziado, ai sim, quando for re-eleito, poderei trabalhar, com poucas pessoas e apenas com aqueles que realmente amam o Mato Grosso.
Obrigado"
Jorginho de Ogum, o uirapuru é um passarinho que tem tres penas no ânus.

Comentários

Carlo Gressana disse…
Eu votarei em Jorginho.
Edu Butakka disse…
Jorginho já ganhou... As pesquisas não mentem... ou melhor, mentem, mas tem votos que só serão comprados na hora e eu confio no poder do imediatismo. Acho que jorginho pode virar!
Thiago Borges disse…
É Deus na Terra e Jorginho no Céu.